Rio Carnival

Desfiles

Rio Carnival

Desfiles das Escolas de Samba do Rio de Janeiro

Esta página fornece informações sobre o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro no Sambódromo, também conhecido como o Desfile de Carnaval.

O destaque do Carnaval do Rio é sem dúvida o Desfile das Escolas de Samba, um evento totalmente único no mundo.

Os Desfiles das Escolas de Samba é sempre de uma competição acirrada entre as Escolas de Samba do Rio. Os juízes e os espectadores assistem aos desfiles das principais escolas no Sambódromo, que foi construído especialmente para este evento.

O Desfile das Escolas de Samba do Rio é muito diferente de todos os outros desfiles de rua realizados em alguns outros lugares do mundo. Ele começou como festa de rua com grupos de blocos. Os desfiles de Carnaval no Rio se desenvolveram e se tornaram algo especial: uma competição entre as escolas de samba.

A competição principal foi inicialmente realizada no centro da cidade. Até meados da década de 1980, as arquibancadas para os espectadores eram simplesmente montadas e desmontadas a cada ano na Avenida. Presidente Vargas, uma das principais artérias do Rio de Janeiro. Em seguida, o desfile principal foi transferido para o Sambódromo, construído especialmente para este evento.

A preparação para o desfile de Samba começa com meses de antecedência, cada escola de samba mobiliza milhares de integrantes, geralmente da comunidade sede da escola, criando setores, e alas compondo a escola. Em primeiro lugar, o enredo do ano é escolhido. Então o samba da escola é selecionado através de concorrência, que você pode acompanhar durante alguns meses nas quadras das escolas, enquanto o carnavalesco cria os figurinos e carros alegóricos. Quando estiverem prontos, os chamados protótipos vão para a linha de produção. Em dezembro os ensaios técnicos começam. Em meados de dezembro, os sambas de enredo são gravados e logo vendidos nas lojas.

O Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro não é um evento de rua onde as pessoas se movem caoticamente a bel prazer, mas um show altamente orquestrado de grandes proporções. Cada integrante tem um papel específico e local de desfile de acordo com sua fantasia em uma ala especial, de uma seção especial da escola de samba em que o desfilante como integrante que vai ajudar a contar o enredo da escola na avenida.

Todos os anos, cada escola escolhe um tema diferente para o desfile. Pode ser uma celebração de um determinado período da história, homenagear algum nome famoso ou de figuras famosas da história brasileira.

Podendo destacar um evento especial ou falar de qualquer coisa que possa mover o espírito e a imaginação; como um animal especial, ou um dos elementos, água ou fogo, etc. A escola tem que ilustrar o tema escolhido durante todo o seu trabalho:

› Os Sambas Enredos, que são especialmente escritos para o ano de desfile, de acordo com o tema

› Todos os carros alegóricos e as fantasias dos seus 3.000 a 5.000 integrantes são ricamente decorados, divulgando para o público e os jurados cada detalhe elaborado pelo carnavalesco.

O desfile de cada escola é muito bem projetado e organizado. Eles se alinham de uma forma única para apresentar o seu espetáculo. As escolas são divididas em várias seções e cada seção tem um número de alas de cerca de 100 a 200 pessoas vestindo a mesma fantasia. Você encontrará mais detalhes sobre o papel e o nome de algumas seções especiais do desfile na lateral desta página.

Entre as alas, há cerca de oito carros alegóricos, separando as seções. A maioria deles é empurrada por homens da comunidade da escola, mas alguns são motorizados. Os carros alegóricos podem levar convidados especiais, juntamente com alguns componentes trajando deslumbrantes fantasias.

Desfiles de Carnaval Rio 2023

Os figurinos são extremamente fantasiados, coloridos, elaborados e detalhados. São verdadeiramente originais, concebidos e realizados a partir do zero a cada ano. Eles têm espelhos, penas, tecidos metálicos, de seda e, por vezes, jóias ou moedas. Estas fantasias levam meses para serem confeccionadas. O trabalho começa com cerca de 8 meses de antecedência.

Cada escola de samba tem suas próprias cores distintas (as cores de sua bandeira) e estilo de fantasias. O conjunto de cores é refletido em muitas partes de seu desfile.

Os figurinos mais elaborados e maiores são usados pelos principais destaques. Eles são membros da escola escolhidos com honra para usar essas fantasias especiais.

Mesmo que a nudez total não seja oficialmente permitida, às vezes os carros alegóricos possuem beldades em topless ou quase nuas, homens e mulheres, usando apenas pintura corporal, muito brilho e um sorriso.

Você pode pensar no evento como uma grande ópera ou melhor, várias óperas, pois eles acontecem em uma noite. É bonito de ver e a lembrança deste espetáculo impressiona você por toda uma vida.

Como o desfile é julgado

O Desfile das Escolas de Samba é uma gloriosa competição na qual os pontos são dados por juízes. Assim como nos esportes, oferecem entretenimento ao mesmo tempo em que têm suas regras rígidas.

As escolas são julgadas em 10 categorias. Existem quatro juízes de cada categoria. Cada juiz dá a sua pontuação numa escala de 7-10 (com frações), sendo 10 a melhor. Os pontos são contados e anunciados na quarta-feira de cinzas, logo após o Carnaval. Durante os desfiles os juízes ficam espalhados ao longo da passarela do samba e ficam em cabines claramente assinaladas com a palavra “julgadores” e o nomes dos quesitos.

Rio Carnival Parades 2023

 

Quem é quem no Desfile?

Rei Momo
“Momo” é o nome do deus da zombaria na mitologia grega, e de acordo com a tradição do Carnaval, Rei Momo deve ser alegre e tão grande como uma casa. A lenda diz que ele foi expulso do Olimpo para vir e se estabelecer no Rio, a Cidade do Carnaval. O Carnaval do Rio oficialmente começa com a entrega da chave da cidade ao Rei Momo. É quando o Rei Momo começa a sambar, tudo e todos – lantejoulas, penas, e todas as pessoas ao redor também devem sambar com ele. Ele abre todos os grandes eventos de Carnaval, incluindo os desfiles.


A Rainha e as Princesas
A Rainha do Carnaval é escolhida meticulosamente  por critérios comos sua beleza, auto-confiança, sociabilidade, facilidade de expressão, simpatia e habilidade em sambar, mas acima de tudo o que ela deve possuir é o “Espírito de Carnaval”. As candidatas que ficaram em segundo e terceiro lugares são coroadas princesas do carnaval, título criado a pouco tempo.


Carnavalesco
Ele é o profissional responsável pelo trabalho artístico e também de projetar, produzir e dirigir o desfile da escola. Às vezes, eles escolhem o tema e também desenvolvem o enredo da escola. Eles projetam todas as roupas e carros alegóricos, escolhem e fiscalizam a compra de materiais, administram a construção e fabricação dos carros alegóricos, fantasias e acessórios. Eles podem ganhar muito dinheiro em uma escola do grupo especial. Os nomes dos grandes carnavalescos do Rio de Janeiro são tão conhecidos quanto os grandes diretores de cinema. Eles têm seu estilo próprio, alguns por atribuírem características muito futuristas como: Salgueiro (barroco), Imperatriz e Mangueira (rococó); ou têm uma preferência especial por um tema específico como a Beija-Flor, que prefere abordar temas bem brasileiros ou com raízes africanas.

Rio Carnival 2023


Alas
Elas são os blocos do desfile de uma escola – a escola é dividida em vários deles. Um grupo de 50 a 200 pessoas vestindo a mesma fantasia e com a mesma finalidade. A fantasia vai ilustrar um aspecto particular do tema da escola. Cada ala tem um presidente que é responsável pelos figurinos (produção e vendas) e coordenação do desfile de todos os membros da ala.


Comissão de Frente
E a ala que puxa escola. É composta geralmente por um grupo de dançarinos com um 12-15 com passos altamente coreografada apresentando a escola para a multidão. Suas fantasias nem sempre refletem o tema central da escola. Originalmente eram apenas os homens altos e fortes contando passos para frente, sem poder nem sequer olhar para trás. Recentemente, a comissão de frente é um show à parte. Eles se tornaram um espetáculo sobre a sua própria coreografia com verdadeiro esplendor. Algumas vezes um pequeno carro alegórico fazem parte desta ala, também carregando símbolos da escola, juntamente com algumas celebridades vestindo as fantasias mais bem elaboradas.


Mestre Sala e Porta-bandeira
O nome já diz, ela é portadora da bandeira da escola. Eles são como um símbolo da escola. O Mestre Sala está ali para protegê-la. Originalmente ele tinha uma faca simbolizando e simulando uma defesa a bandeira da escola para se certificar de que as outras escolas não prejudicariam a bandeira, fazendo-os perder a concorrência. Sua dança é a mais elaborada e elegante de todo o desfile. As escolas têm mais de um casal, geralmente três, porém somente o primeiro casal é julgado.


Baianas
Ala composta pelas senhoras da escola. Suas fantasias são chamativas e tradicionais do estado da Bahia. Possuem enormes saias de rodas e anáguas com tubos inseridos, e em alguns momentos, geralmente nos refrões, elas giram de um lado para o outro representando a alma das escolas de samba e suas raízes africanas. Cada Escola deve ter no mínimo 80 baianas, ou a escola perde pontos (neste caso para as escola do Grupo Especial). Elas são mulheres da comunidade que fazem parte da Escola há muitos anos. Esta é uma homenagem absoluta, e a escola de samba elabora suas fantasias sem qualquer custo. São muito respeitadas e muitas vezes começam uma salva de aplausos quando passa. Atualmente, só as mulheres podem desfilar nesta ala. Assistência médica durante todo o desfile é outro privilégio que elas possuem. Outro assunto interessante é que as filas desta ala são organizadas por tempo de escola. Algumas escolas como, a Beija-Flor, Grande Rio e Salgueiro também têm em sua ala algumas mulheres mais jovens.


Bateria
Este é o coração pulsante da escola composto por 250 a 350 percussionistas. Ela concede energia e vida a todo o desfile. Trata-se de uma ala da comunidade, portanto as fantasias são pagas pela escola. O mestre de bateria é quem escolhe quem vai tocar no grupo através dos ensaios testes contínuos, e disciplina. Os ensaios começam meses antes do Carnaval. As fantasias dos bateristas são, às vezes, tão grandes que tornam difíceis tocar os instrumentos. Existem microfones acima da bateria e um carro de som com os “puxadores” de samba. Algumas escolas são tão tradicionais, que utilizam os mesmos instrumentos por décadas (como Mangueira, Portela, Império Serrano). Nos anos 80 a Mocidade trouxe novos instrumentos para a sua bateria. Inevitavelmente, as outras escolas (como Viradouro, Grande Rio, Porto da Pedra e Beija-Flor) começaram a utilizar outras inovações que incorporaram totalmente os novos gêneros (ousando a ponto de lançar mão do funk e de coreografias altamente elaboradas). E parece que deu certo!


Puxador de Samba (Cantor)
Normalmente do sexo masculino, ele é responsável por cantar o samba da escola, quase sempre acompanhado por um grupo de cantores. Eles geralmente vêm em cima do carro de som logo atrás da bateria ou caminham ao longo da passarela do samba.


Rainha da Bateria
É sempre uma mulher belíssima, incumbida de introduzir a bateria aos espectadores. Ela é responsável por motivar e inspirar o batalhão de músicos que a seguem ao longo do desfile.


Passistas
Composta pelos melhores sambistas da escola – desfila com no máximo 50 componentes. É muito difícil sambar ao ritmo da escola de samba e ao mesmo tempo se deslocar ao longo da avenida e seus 700 metros. Esses sambistas são sempre a principal atração da escola. Eles são escolhidos através de uma competição que ocorre a cada ano, e é certamente grande honra estar entre os melhores.


Harmonia
Cada carro alegórico e cada ala tem um número de pessoas dedicadas a garantir que o desfile ocorra sem problemas. Eles são identificados pelo uso de camisetas que representam sua ala ou carro. A escola de samba é punida se demora muito para desfilar ou se desfila com tempo inferior ao tempo mínimo de desfile. Pontos também são retirados das escolas no caso apareçam espaços vazios entre as alas.