União da Ilha - Escola de Samba - Samba Enredo English

Bandeira - União da Ilha Escola de Samba

Ouça aqui o Samba Enredo da União da Ilha apenas clicando no botão do player ao lado.

 

GRES União da Ilha do Governador

FICHA TÉCNICA

Fundação: 07/03/1953

Cores: Cores Azul, Vermelho e Branco

Presidente de Honra: Maurício Gazelle (in memorian)

Presidente: Ney Filardi

Quadra: Estrada do Galeão, 322 – Cacuia –Ilha do Governador, Rio
CEP 21391-242
Telefone: (21) 3396-8169

Ensaios: Aos sábados, a partir de 23h

Barracão: Cidade do Samba (Barracão nº 07) - Rua Rivadávia Correa, nº 60 - Gamboa
CEP: 20.220-290
Telefones Barracão
(21) 2253-6447 / (21) 2253-8080

Web site: www.gresuniaodailha.com.br

Imprensa:
César Nogueira
cesarnogueira1976@gmail.com
Telefones: (21) 7898-7483 /
(21) 9981-4574


União da Ilha 2016

horário do Desfile da escola

Enredo:
"Olímpico por natureza... Todo mundo se encontra no Rio"

Carnavalesco:
Alex de Souza

Diretor de Carnaval: Márcio André

Diretor de Harmonia: Válber Frutuoso

Intérprete: Ito Melodia

Mestre de Bateria: Thiago Diogo

Rainha de Bateria: Bruna Bruno

Mestre-Sala: Márcio Siqueira

Porta-Bandeira: Cristiane Caldas

Comissão de Frente:
Patrick Carvalho


horário do Desfile da escola

Fundada em março de 1953, O Grêmio Recreativo Escola de Samba União da Ilha do Governador é conhecida por seus temas irreverentes. Um grupo de amigos assistindo à apresentação de pequenas escolas de samba e blocos de vários bairros da Ilha. Foi quando decidiram que o bairro do Cacuia deveria ter uma escola de samba que o representasse.

Manteve-se algum tempo entre o segundo e o terceiro grupos e em 1974, quando se consagrou campeã do grupo de acesso, obteve assim seu lugar no Grupo Especial, a partir do ano seguinte.

A União da Ilha fez grandes desfiles, consagrando-se definitivamente como uma das escolas de samba mais simpáticas do grupo especial. A escola levou para a Sapucaí desfiles leves, baratos e animados. Esta seria a marca registrada da União da Ilha, mantido até hoje. Suas fantasias costumam ser leves, sem grandes esplendores, facilitando o desfile para o componente. A escola também consegue estabelecer uma ótima comunicação com o público, sendo consideradas uma das mais simpáticas do carnaval carioca.

Embora não tenha nenhum titulo no Grupo Especial, a escola tem um dos mais memoráveis Sambas enredo, dos quais são lembrados até os dias de hoje, como por exemplo, "Domingo", em 1977 e "Bom, bonito e barato", em 1980. O samba "É hoje O Dia?", de 1982, que é um dos mais conhecidos e memoráveis Sambas da História do Carnaval carioca.

 


União da Ilha

Enredo: "Olímpico por natureza... Todo mundo se encontra no Rio"

Autores: Djalma Falcão, Carlos Caetano, Gugu das Candongas, Beto Mascarenhas, Roger Linhares e Marco Moreno

Intérprete: Acraílson Forde (Ito Melodia)

Samba Enredo 2015

 

Floresceu… desabrochou uma explosão de cor

Bem-vinda oh mão natureza

Transformando, esbanjando formosura, é beleza pura

Vem no tempo vai no vento, quem vai julgar

O povo sempre deu um jeito de se enfeitar

Cada um é tão bonito quanto possa imaginar

Sou sambista, minha arte é universal

O que importa é estar na moda, na avenida principal

Me visto de ilusão, transbordo de emoção sou

Chique estou no Carnaval

 

Lá vem ela toda prosa, gostosa fiu, fiu

A beleza tá no seu interior, nos olhos de quem vê

No verdadeiro amor

 

Diga espelho meu no swing dessas feras

Tem mais bela do que eu? Ele respondeu:

No reino encantado, quem nasce pra brilhar, jamais se apagará

Mamãe tô forte e tenho sorte

Meu charme é passaporte para ser superstar

Eu tô na tela da tv sou a cara da riqueza

Tiro foto de mim mesmo eu só quero aparecer

Vim sem nada pra vida, nada vou poder levar

O meu destino diz, que eu serei feliz

 

A Ilha chegou, a festa começou

O show é da comunidade

Sem desmerecer ninguém, sou a mais linda

Encantando a cidade


Enredo 2016

"Olímpico por natureza... Todo mundo se encontra no Rio."

 

Partiu Rio...

- Atenção senhores passageiros do voo Olimpo/Rio, direto, sem escalas: dentro de alguns minutos estaremos aterrissando no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na cidade do Rio de Janeiro. Mas, desde já, avisamos: esta cidade é “irada”, percam a linha à vontade!

 

E assim a “turma de Zeus” atravessa a Linha do Equador e desembarca no Rio, num domingo de sol. Pecados não sabemos se há, mas podemos dizer que isto aqui é uma tentação! Até mesmo para os Deuses. Curiosos por conhecer esta terra, este povo, cheio de “bossa”, cheio de “ginga”, sem “vacilo”.

 

Os cariocas são dourados...

O Rio de Janeiro tem sua pira olímpica natural brilhando e iluminando a cidade o ano inteiro: o sol. O astro-rei convida o carioca a celebrar a vida ao ar livre, dourando seus corpos. Um povo aquecido pela alegria de viver, que adora o seu despertar incandescente e aplaude o seu repouso, atrás da linha do mar, num maravilhoso espetáculo proporcionado pela natureza.

 

Afinal, quem gosta de dias nublados?

 

“Vem amor

Vem à janela ver o sol nascer

Na sutileza do amanhecer

Um lindo dia se anuncia...”

 

O carioca nasceu para nadar...

O carioca tem intimidade com a água desde sempre. Golfinhos são ostentados no brasão da cidade que nasceu e cresceu à beira-mar. Na água salgada do mar, ou na água doce dos rios, lagoas e cachoeiras que banham a cidade, o povo se revela um verdadeiro ser aquático.

 

“Veleiros que passeiam pelo mar...”

 

O carioca nasceu para correr...

Terra, montanha, floresta, areia e asfalto. A geografia carioca é um convite para o movimento. Passo a passo, a cidade desenha seus caminhos sempre em direção à beleza. Correndo, pedalando, escalando, desbravando alguma trilha ou disputando alguma bola, o povo faz de sua terra um solo sagrado para a celebração do esporte.

 

“Veja o despertar da natureza

Olha amor quanta beleza...”

 

O carioca nasceu para voar...

Voar é para os pássaros... e para o carioca também!

 

A sensação de liberdade não tem preço para esse povo livre de formalidades. Os ventos que sopram pelos ares da cidade inflam e impulsionam seus habitantes voadores, levando-os para onde quiserem, num mergulho entre o verde e o azul, com o horizonte aos seus pés.

 

“Vai o sol e a lua traz no manto

Novas cores, mais encanto...”

 

O carioca nasceu para curtir...

O carioca tem vocação para a felicidade. E antes acompanhado do que só para curtir um som, uma “vibe”, um lugar, trocar uma ideia. O maior prazer deste povo é fazer com que todos se sintam à vontade em sua “casa”. E o que o carioca faz de melhor é se juntar, se misturar, confraternizar. O carioca simplesmente se encontra e, no Rio, todos acabam sendo “irmãos”, “brothers”. Pessoas de todas as partes do planeta se encantam pela Cidade Maravilhosa e pelo seu povo que recebe a todos de braços abertos. O espírito olímpico é o espirito carioca.

 

“Mas eu que sou do samba

Vou pro terreiro sambar...”

 

Todo mundo se encontra no Rio.

Mas, e os Deuses? Aqueles lá do início, que chegaram do Olimpo... Andam por onde?

 

Ah, eles agora andam por aí, sorrindo à toa. Encantados com tanta beleza, “curtindo”, “azarando”, “formando”, “na moral”!

 

A passagem de volta? Tem mais volta não. O Olimpo é aqui!

 

O Rio de Janeiro é a terra dos Deuses e dos cariocas, mas também é a terra dos americanos, dos europeus, dos africanos, dos asiáticos, dos oceânicos e de quem mais chegar.

 

Pois todo mundo se encanta com o Rio.

Todo mundo se encontra no Rio!

 

E Zeus mandou avisar:

- Prepare o seu melhor sorriso, pois os Jogos vão começar!

Já é!

 

Escolas de Samba do Grupo Especial.

Ouça os sambas de enredo e confira todas as informaçoes sobre as escolas de samba

sambas do Grupo da Série A
saiba tudo sobre o carnaval

Carnaval do Rio de Janeiro Escolas de Samba Fotos

 

A Historia da União da Ilha

 

Enredo 2016 da Beija-Flor

Os Títulos da Escola