Acadêmicos do Cubango - Escola de Samba - Samba Enredo English

Acadêmicos do Cubango Samba School flag

Ouça aqui o Samba Enredo da Acadêmicos do Cubango apenas clicando no botão do player ao lado.

 

GRES Acadêmicos do Cubango

FICHA TÉCNICA

Fundação: 17/12/1959

Cores: Verde e Branco

Presidente de Honra: Marcelo Kalill

Presidente: Oliver Luciano Vieira (Pelé)

Quadra: Rua Noronha Torrezão, 560 – Cubango – Niterói
Telefone: (21) 4108-3705

Ensaios: Rua Noronha Torrezão, 560 – Cubango – Niterói

Barracão: Rua Professor Júlio de Morais Coutinho,1- Benfica
Telefone: (21) 4108-3705

Imprensa:


Acadêmicos do Cubango 2018

Enredo:
""

Carnavalescos: Cid Carvalho


Diretor de Carnaval: Jorge Riper

Intérprete: Hugo Júnior

Mestres de Bateria: Mestre Maurão

Rainha de Bateria: Cristiane Alves

Mestre-Sala: Jackeline Gomes

Porta-Bandeira: Diego Falcão

Comissão de Frente: Robrto De La Costa

Desfile de 2018

Posição de desfile: Sétima escola a desfilar no dia 06/02/2018



 


Acadêmicos do

Cubango

Samba Enredo: ""

Autores:
Intérprete:

Samba Enredo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Enredo de 2018

""

Introdução

Carnavalesco: Laíla

 

 


A História da Acadêmicos do Cubango

A participação da "Academia Cubango" nos desfiles de Niterói começa em 1960 quando ganhou o tetracampeonato num grupo chamado "Academias", uma espécie de segundo grupo do carnaval, com o enredo “Sonho das Esmeraldas”. Seu primeiro presidente foi o sambista Ney Ferreira, que até 1966 atuou também como carnavalesco.
No carnaval de 1964 fez sua estreia entre as escolas do primeiro grupo e passou a ser chamada pelo nome atual. Neste ano conquistou o vice-campeonato com o enredo “Maurício de Nassau”.
Seu primeiro título na elite do carnaval de Niterói ocorreu em 1967 com o enredo “O Brasil pintado por Debret”. Mas foi em 1972 que a escola se consagrou o tema “Um rei Congo Sabará” um estilo de enredo afro, que passou a ser o mais preterido pela escola a partir daí.
Em 1975, a Cubango desfilou na avenida Amaral Peixoto com o enredo “Folclore: riqueza do Nordeste” e saiu campeã. Este campeonato foi o primeiro de uma sequência de cinco títulos. Em 1979, com o enredo “Afoxé”, a Cubango consolidou seu império no carnaval de Niterói. Nos anos 70 foram sete títulos em dez dos disputados. A grande rivalidade era com a Unidos do Viradouro.
Nos anos 80, juntamente com a Unidos do Viradouro, a escola deixa o carnaval de Niterói e passa a desfilar no carnaval do Rio de Janeiro. Naquela época o carnaval de Niterói enfrentava uma crise financeira e se extinguiria na década de 1990. Em 1986, no seu primeiro ano no desfile carioca, a Cubango foi a campeã do Grupo IV, adquirindo assim o direito de subir para o Grupo III. Em 1992, com o enredo “Negro que te quero negro”, chegava ao Grupo I.
Em 2004, a escola que participava do Grupo A, surpreendeu quando era apontada ao rebaixamento pela mídia, e obteve um honroso quinto lugar
Para o carnaval 2009, a direção da escola optou em reeditar o enredo Afoxé, samba que deu o 14º título a escola, no carnaval de Niterói, com o título Afoxé é Cortejo, é Ritual, é Festa, Afoxé é Carnaval, dos carnavalescos Sérgio Silva e Léo Moraes, e tendo Samantha Schmütz como madrinha de bateria . A escola retornou ao Grupo A, ao ser a campeã junto com a Unidos de Padre Miguel. no ano seguinte, com o enredo Os loucos da praia chamada saudade, de Milton Cunha, terminou na 9º colocação.
Para o carnaval 2011, a escola trouxe o intérpretes David do Pandeiro, que poucos meses depois acertou sua volta para a Santa Cruz e Igor Vianna, que tava na escola da zona oeste, passando a ser o intérprete oficial da escola. Além disso, trouxe de volta o carnavalescoJaime Cezário e a rainha Juliane Almeida . Terá como enredo A emoção está no ar, que abordará sobre a história da humanidade através de diversas emoções sentidas pelo homem. fez um desfile perfeito, mais no entanto o que se viu não contrastou com o desfile, o que indignou o presidente da escola que mais uma vez não disparou com a direção da LESGA em relação ao resultado. sendo que foi punida pela entidade , por mais uma vez discordar do resultado. no ano de 2012, optou pelo enredo homenageando Barão de Mauá, tendo um trio como intérprete oficial, formado por sereno, Marcelo Guimarães e Hugo Júnior . terminou na 4°colocação.
Em 2014, foi especulado que a escola reeditaria o enredo Peguei um Ita no Norte, que deu ao Salgueiro, o título no carnaval de 1993 . e apostando no carnavalesco Márcio Puluker, para conquistar o inédito acesso ao Especial. mas que foi rechaçado pela direção da escola, que apostaria em um outro enredo para reeditar  . mas entretanto foi um enredo afro , tendo um dos melhores sambas desse ano apontado pela mídia , terminou na 5º colocação.

Para 2015, a escola retorna novamente com o carnavalesco Jaime Cezário, que já esteve na agremiação duas vezes .

Os Títulos da Escola

ANO COLOCAÇÃO
1960 Campeã
1961 Campeã
1962 Campeã
1963 Campeã
1964 Vice-Campeã
1965 3° lugar
1966 3° lugar
1967 Campeã
1968 Campeã
1969 Campeã
1970 Campeã
1971 3° lugar
1972 Camepã
1973 3° lugar
1974 Vice-Campeã
1975 Campeã
1976 Campeã
1977 Campeã
1978 Campeã
1979 Campeã
1980 Vice-Campeã
1981 Vice-Campeã
1982 3° lugar
1983 Vice-Campeã
1984 Campeã
1985 3° lugar
1986 Avaliação
1987 Vice-Campeã
1988 4° lugar
1989 4° lugar
1990 4° lugar
1991 3° lugar
1992 Vice-Campeã
1993 11° lugar
1994 15° lugar
1995 7° lugar
1996 9° lugar
1997 Vice-Campeã
1998 4° lugar
1999 8° lugar
2000 11° lugar
2001 6° lugar
2002 Campeã
2003 9° lugar
2004 5° lugar
2005 6° lugar
2006 8° lugar
2007 7° lugar
2008 9° lugar
2009 Campeã
2010 9° lugar
2011 4° lugar
2012 4° lugar
2013 11° lugar
2014 5° lugar
2015 4°lugar
2018